NOTÍCIAS  ARTIGOS  ENQUETE
Política
Estado cancela reunião com sindicatos, que ameaçam greve geral em dezembro
17/11/2017 às 09:46 / hora de Brasília

O Fórum Sindical orientou as categorias do funcionalismo público a deflagrarem "greve geral" em Mato Grosso caso o salário de novembro não seja depositado no dia 10 de dezembro, como prevê a Constituição Estadual. O anúncio ocorreu nesta sexta-feira após o Governo do Estado cancelar a reunião que faria nesta sexta-feira com a entidade para falar sobre o pagamento do restante dos salários do mês de outubro que ainda não foram efetuados.

De acordo com o Fórum, a reunião que estava marcada para às 11h00; foi remarcada para às 14h00, para ser posteriormente cancelada. Segundo a entidade, o Governo disse que só falará sobre os salários atrasados na próxima terça-feira, dia 21. “Um absurdo. Estão se omitindo em nos dar uma perspectiva do pagamento da folha de outubro (3,2%) e do 13º salário dos aniversariantes em outubro”, diz a nota do Fórum.

A situação irritou os dirigentes sindicais, que promemtem radicalizar caso a política de "escalonamento" salarial continue no próximo mês. “O Fórum Sindical está se articulando para uma reunião e já orientou para assembleias gerais das categorias para deliberar pelo estado de greve e condicionar que, caso o pagamento de novembro não seja realizado no dia 10 de dezembro, será decretada greve geral”, avisou.

O escalonamento de salário ocorreu nos últimos dois meses em Mato Grosso. Os salários de setembro, que venceram em 10 de outubro, foram pagos em duas datas.

No dia 10, receberam os servidores das Secretarias de Educação, Segurança Pública e Saúde, que representam 78% do funcionalismo. Os 22% restantes receberam no dia 11 de outubro. 

Já os salários de outubro foram parcelados em três datas. Na última sexta-feira (10), o Governo do Estado anunciou o pagamento dos servidores que recebem até R$ 5 mil por mês.

Na terça-feira (14), foi a vez daqueles que recebem entre R$ 5 mil e R$ 10 mil líquidos. Até o momento, já receberam 96,8% do total de servidores.

Nesta sexta, uma reunião foi agendada para falar sobre o pagamento dos servidores que recebem acima de R$ 10 mil. A expectativa inicial é de que eles recebam até o dia 22 de novembro.

FolhaMax